Sem tempo

|


Onde para o tempo?
O relógio clica com com passar das horas
Estou novamente atrasado
Sem tempo para escolher, sem tempo para ver
O tempo leva me para longe
Sem tempo para pensar para onde vou
Nem tempo para te ver.

A minha vida parece um espectro no espaço
Ninguém o vê, ninguém o observa
Nem mesmo tu, que o descobriste
Parece que agora não tens tempo para o olhar
Fui uma luz, agora o tempo amarrou-me
Nem as minhas mãos se libertam do tempo

Todo o tempo que me atraso é inutil
O tempo que era meu amigo
Poupei tantos dias para não ficar sem tempo
Não poderia perder tempo
Mas agora que necessito dele para ti
Não o tenho, nem o queres.
Para que correr contra o tempo
Ele não vai esperar por mim.
E tu vais esperar por mim?


foto: http://static.flickr.com/

1 comentários:

Paula disse...

Olá Edu :) Bjito