As mãos da angustia

|

Por mais que tente, as minhas mãos empurram me a face para o ch

Por mais que tente, as minhas mãos empurram me a face para o chão, um pouco de mim quer se emancipar deste sentimento, mas muito pouco, o restante de mim…. Bem esse quer continuar a sentir o que eu não consigo controlar. Esta parte que não controlo…. Esta anarquia suave e esclarecida... Ela quer-te na minha vida… Uma corrente sem início nem fim, onde tu existes e mais nada pode substituir.


Foto: http://www.olhares.com/kp4050

1 comentários:

SMM disse...

Lindo texto ! Se puder me visite, http://sindromemm.blogspot.com